gretl image
 
 
 
Aspecto do programa - clica para aumentar
 
Logo do SourceForge
 

GPL v3

 

Valid HTML 4.0!

Valid CSS!

 

Gnu Regression, Econometrics and Time-series Library

logo do gretl

É um software multi-plataforma para análise econométrica, escrito em linguagem C. É livre e de código aberto, podendo ser redistribuído e/ou modificado de acordo com os termos da Licença Pública Geral GNU (GPL) publicada pela Free Software Foundation.

Conferência gretl 2013

A terceira conferência bianual gretl decorreu em Oklahoma City em 20-21 junho de 2013; detalhes aqui. Muito obrigado a Lee Adkins por ter organizado o evento! Neste momento parece que a nossa próxima conferência (em 2015) irá acontecer em Berlim.

Características

  • Interface fácil e intuitiva, disponível em vários idiomas (Albanês, Alemão, Basco, Búlgaro, Catalão, Chinês Tradicional, Espanhol, Francês, Galego, Grego, Inglês, Italiano, Polaco/Polonês, Português, Russo, Checo/Tcheco e Turco)

  • Uma ampla variedade de estimadores: mínimos quadrados, máxima verossimilhança, GMM; métodos de equações únicas e sistemas de equações

  • Métodos de séries temporais: ARIMA, GARCH, VARs e VECMs, testes de raiz unitária e cointegração, filtro de Kalman, etc.

  • Variáveis dependentes limitadas: logit, probit, tobit, intervalo de regressão, modelos para dados de contagem e duração, etc.

  • As saídas dos modelos são exportáveis para ficheiros/arquivos LaTex, na forma de tabelas ou equações

  • Linguagem de script integrada: introdução de comandos via interface gráfica ou via sequência de comandos

  • Estrutura de ciclos de comandos (loops) para simulações Monte Carlo e para procedimentos iterados de estimação

  • Controlo/controle em interface gráfica para ajustes dos gráficos Gnuplot

  • Pode ser combinado com GNU R, GNU Octave e Ox para análises estatísticas adicionais

Formato de Dados

Os formatos suportados incluem: formato próprio XML; Valores Separados por Vírgulas (.csv); planilhas Excel (.xls e .xlsx), Gnumeric e Open Document; arquivos do Stata (.dta) e do SPSS (.sav); workfiles do EViews; arquivos de dados do JMulTi; bases de dados em formato próprio binário (que permitem guardar dados de diferentes frequências e tamanhos), base de dados RATS 4 e PC-Give. Inclui uma base de dados de macroeconomia dos E.U.A., como exemplo. Veja também a página de dados do Gretl.

Download

Código fonte mais recente

gretl-1.9.90.tar.xz

Pacotes Debian GNU/Linux, mantido por Dirk Eddelbuettel

packages.debian.org; veja também packages.qa.debian.org

Pacotes Fedora, mantido por Johannes Lips

apps.fedoraproject.org

Se você vai compilar a partir do código fonte ou instalar a partir de binários pré-compilados, pode estar interessado em verificar as dependências do Gretl.

Uma versão do Gretl para MS Windows está disponível neste link, e uma do Gretl para Mac OS X neste link.

Os programas para análise de séries temporais X-12-ARIMA e TRAMO/SEATS estão disponíveis numa forma adequada para o uso com o Gretl no Linux, nos seguintes endereços:

Binário RPM para o X-12-ARIMA

x12a-0.3-2.i586.rpm

Binário "tarball" para o X-12-ARIMA

x12arima-linux.tar.gz

Pacote Debian para o X-12-ARIMA

x12a_0.3-3_i386.deb

Binário RPM para o TRAMO/SEATS

tramo-seats-98-2.i586.rpm

Binário "tarball" para o TRAMO/SEATS

tramo-seats-linux.tar.gz

Pacote Debian para o TRAMO/SEATS

tramo-seats_98-2_i386.deb

Gnuplot

Gretl utiliza o Gnuplot para gerar seus gráficos. Para tanto é necessária a versão 4.4.0 ou superior, mas a versão 4.6.1 (de setembro de 2012) é altamente recomendada. Consulte gnuplot.sourceforge.net. As versões do Gretl para MS Windows e Mac OS X incluem uma versão do Gnuplot que funciona adequadamente. Para obter orientação sobre como instalar o Gnuplot atual no Linux, consulte o seguinte link.

Manual

O manual do Gretl é composto por dois arquivos PDF, um Guia do Usuário e um Manual de Comandos. Versões em Inglês destes manuais (no formato Carta US) estão incluídas no pacote fonte e nos binários do Gretl. Outras versões -- em Inglês (papel A4), Italiano e Espanhol -- serão acessados pelo Gretl na Internet sob demanda. Os manuais também podem ser encontrados aqui.

Adicionalmente, o Manual de Referência de Comandos e Manual de Referência de Funções podem ser acessados via internet, no formato HTML.

Você utiliza o Gretl?

Caso a resposta seja afirmativa, você pode querer participar da lista de discussão dos usuários do Gretl (Gretl-users). Essa é uma lista com um volume moderado de e-mails onde as pessoas podem requerer ou fornecer ajuda, discutir novas funcionalidades e assim por diante. É possível fazer buscas dentro do arquivo da lista no seguinte link. Existe também uma lista de anúncio do Gretl (Gretl-announce); esta é uma lista apenas para leitura onde são enviados e-mails na ocasião de novos lançamentos do Gretl.

Você pode reportar bugs e solicitar novas funcionalidades utilizando o sistema SourceForge Tracker. Porém, solicitamos que você utilize o sistema Tracker apenas se você tiver completamente certo de que realmente encontrou um bug; se você não tiver certeza, por favor envie uma mensagem para uma das listas de discussão do Gretl. (Note que se o Gretl parou de funcionar você realmente encontrou um bug!)

Contribuindo para o Gretl

Tem ideias ou códigos com os quais gostaria de contribuir para o Gretl? Se sim, nós gostaríamos de conhecer as suas propostas. Certamente você deveria participar da lista de discussão dos desenvolvedores do Gretl ( Gretl-devel). Essa é uma lista com um volume baixo de e-mails.

O único requisito para que o código seja utilizado no Gretl é o de que você aceite que ele fique disponível de acordo com a Licença Pública Geral GNU (GPL), isto é, deve aceitar que o código fonte fique livremente disponível.

Como foi dito anteriormente, Gretl é (na maior parte) escrito em linguagem C, a linguagem mais comum no mundo do software livre e de código aberto. No entanto, nem todo mundo está à vontade em escrever em C. Como tal, isto não deve ser uma barreira para o contributo de código ou algoritmos. Se puder entregar um algoritmo bem especificado para resolver alguma tarefa interessante em econometria, nós poderemos ou interligá-lo ao Gretl ou reescrevê-lo em C sem grandes dificuldades. Por exemplo, o código pode ser fornecido em Fortran, C++, código escrito em linguagem matricial de alto nível (como sejam Ox, Gauss, Octave, Matlab ou R) ou ainda em pseudo-código, isto é, um algoritmo descrito rigorosamente, passo a passo, mas sem ser numa linguagem de programação específica.

Acesso e navegação no CVS

Para aceder ao código fonte mais recente do Gretl via CVS, ver página do projecto Gretl em SourceForge. É possível navegar na estrutura CVS do Gretl aqui.

Agradecimentos

Em primeiro lugar, obrigado a Ramu Ramanathan, Professor Emérito da Universidade da Califórnia, São Diego, por ter transformado o seu código econométrico "ESL" em código aberto, que foi o ponto de partida para o desenvolvimento do Gretl. O Professor Ramanathan é o autor de Introductory Econometrics (Dryden, actualmente na 5ª edição). Além disso, Ramu tem sido um valioso crítico no decurso do desenvolvimento do Gretl.

Muitas pessoas têm enviado relatos de falhas e erros no programa, bem como sugestões para o desenvolvimento do Gretl. Somos particularmente agradecidos a Ignacio Díaz-Emparanza, Tadeusz Kufel, Dirk Eddelbuettel, Sven Schreiber e Andreas Rosenblad. A. Talha Yalta desempenha um papel importante no exame e relato da precisão numérica do Gretl.

Muito obrigado a Ignacio Díaz-Emparanza, Susan Orbe, Michel Robitaille, Florent Bresson, Cristian Rigamonti, Tadeusz e Pawel Kufel, Markus Hahn, Sven Schreiber, Hélio Guilherme, Henrique Andrade, Alexander Gedranovich, Talha Yalta, Y. N. Yang, Pavla Nikolovova, Jan Hanousek, Artur Bala, Manolis Tzagarakis e Ioannis Venetis pelo trabalho na tradução do Gretl.

Obrigado a William Greene, autor de Econometric Analysis, pela sua permissão de incluir no Gretl alguns conjuntos de dados relativos a exemplos interessantes contidos no seu livro.

Obrigado a todas as boas pessoas em comp.lang.c e gtk-app-devel-list@gnome.org por me terem orientado em várias questões. Obrigado a Richard Stallman da Free Software Foundation por todo o seu trabalho no desenvolvimento e promoção do software livre, e mais especificamente, por concordar em "adoptar" Gretl como sendo um programa GNU.


Allin Cottrell, Wake Forest University

Riccardo "Jack" Lucchetti, Università Politecnica delle Marche

Última modificação: 2014-05-05